Entidades do comércio lançam manifesto em apoio ao retorno das aulas presenciais em Salvador

Entidades do comércio lançam manifesto em apoio ao retorno das aulas presenciais em Salvador

Entidades representativas do comércio do estado divulgaram um manifesto, nesta quinta-feira, 6, em apoio ao retorno das aulas presenciais na rede municipal de ensino público em Salvador. O grupo parabeniza a imunização de “100% dos professores” realizada pela gestão municipal e acredita que há condições sanitárias para o retorno dos estudantes às escolas.

Assinam o manifesto a Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas da Bahia (FCDL- BA), Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado da Bahia (FecomércioBA) e a Associação Comercial da Bahia.

Segundo o documento, que foi divulgado para a imprensa, “o retorno às aulas presenciais gera um impacto muito positivo para a atividade econômica da nossa cidade, sendo realizado de forma consciente, segura, com protocolos claros, que tem como meta salvaguardar vidas, tanto de alunos e trabalhadores, como do público em geral.”. 

Para o vice-presidente da FDCL, Antoine Tawil, o retorno das aulas presenciais representa um incremento à economia de diversos setores do município. 

“Para nós é importante o retorno. Os alunos que vão retornar para as salas, todos eles vão precisar de um caderno, do estojo, de uma mochila, de um sapato, de uma calça, para poder ir para a aula presencial, isso estimula o consumo, a ida ao mercado. É importante para a pequena indústria, é importante para o varejo. Estimular a economia.”, disse Tawil. 

“O setor do transporte escolar também é outro setor que será favorecido com o retorno das aulas,  todos aqueles que fazem o transporte escolar. Aqueles trabalhadores, micro e pequenos empreendedores, do transporte escolar, que ficaram parados mais de um ano. Tem um número muito grande de pessoas que vivem do transporte escolar, e todos serão beneficiados.”, prossegue Tawil. 

De acordo com Tawil, “o prefeito [Bruno Reis] deu um passo importante ao imunizar a totalidade dos professores com a primeira dose da vacina”, de modo que, segundo o vice-presidente, criou-se as condições sanitárias adequadas para as atividades presenciais. 

“Acreditamos que cada um tem que fazer sua parte. Não discordamos de nenhuma entidade de classe, que talvez tenha outro posicionamento, mas nossa opinião  é essa.”, concluiu. 

 



Compartilhe

Comente

Acesse e confira produtos incríveis…
Participe desse experiência.
3Cs – Confira! Compre! Compartilhe!

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .