Igor Kannário é condenado a pagar R$ 16 mil por danos morais a PMs

Igor Kannário é condenado a pagar R$ 16 mil por danos morais a PMs

O cantor e deputado federal Igor Kannario (DEM) foi condenado pela pela 1ª Vara do Sistemas de Juizados de Guanambi a pagar R$ 16 mil para quatro policiais militares, que foram chamados de “agressores e bunda mole” pelo artista durante passagem no Carnaval de 2020.

A ação foi protocolada no ano passado quando os policiais pediram indenização por danos morais em motivo de “impropérios em desfavor dos Policiais Militares de forma generalizada e com objetivo de atingir a honra dos milhares de policiais militares que guarnecem o Estado e nos prestam serviços de segurança humana” feitos pelo cantor.

“As palavras utilizadas são agressivas e de calão afrontando profundamente o brio da Polícia Militar do Estado da Bahia e de seus integrantes que doam suas vidas para nossa proteção”, afirmou ainda.

Na decisão, o juiz Ronaldo Alves Neves Filho condenou Kannário a pagar R$ 4 mil a cada um dos policiais e afirmou que as ofensas foram “de tal ordem que extrapolaram o direito de crítica comum, sendo de tal forma que, pelas circunstâncias da lide, mostra-se razoável o pleito de danos morais”.

A defesa de Kannário tem 10 dias para apresentar recurso da decisão.



Compartilhe

Comente

Acesse e confira produtos incríveis…
Participe desse experiência.
3Cs – Confira! Compre! Compartilhe!

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .