Alberto Fernández, presidente da Argentina, recebe alta após infecção por Covid-19 | Mundo

Alberto Fernández, presidente da Argentina, recebe alta após infecção por Covid-19 | Mundo

Segundo seu gabinete, Fernández, de 62 anos, apresentou apenas sintomas leves, e seguiu trabalhando durante o período.

Antes de ser diagnosticado com a Covid, o presidente havia tomado as duas doses da vacina russa Sputnik V, que segundo os estudos, oferece 91,6% de eficácia em relação aos não vacinados. A eficácia contra casos moderados e graves da doença foi de 100%.

Alberto Fernández, presidente da Argentina, recebe primeira dose da vacina Sputnik V em 21 de janeiro de 2021 — Foto: Reprodução/Redes Sociais


A Unidade Médica Presidencial afirmou em comunicado que Fernández “goza de boa saúde, evolui favoravelmente, está assintomático e que regressará ao trabalho na quinta-feira”. A equipe médica disse, no entanto, que continuará acompanhando a saúde do presidente argentino.

A infecção de Fernández aconteceu no momento em que a Argentina passa por uma segunda onda de alta de contágios.

Na capital Buenos Aires, o número diário de casos chegou a marcar os 2.000, depois de passar meses em torno de 100.

O país, no entanto, evita fechar fábricas e escolas e argumenta que as “atividades produtivas com protocolos não são fontes de contágio”.

A ministra da Saúde, Carla Vizzotti, disse em entrevista a uma rádio no início do mês que “as infecções acontecem nos momentos de descanso, quando os cuidados são reduzidos”.

VÍDEOS mais vistos do G1

Compartilhe

Comente

Acesse e confira produtos incríveis…
Participe desse experiência.
3Cs – Confira! Compre! Compartilhe!

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .