Curaçao vai permitir que estrangeiros façam ‘home office’ na ilha | Mundo

Curaçao vai permitir que estrangeiros façam ‘home office’ na ilha | Mundo

O governo de Curaçao, território do Caribe controlada pela Holanda, anunciou que concederá vistos para estrangeiros que desejarem trabalhar remotamente a partir da ilha caribenha.

Com a economia baseada em turismo, um dos setores mais impactados pela pandemia do coronavírus, a iniciativa @Home In Curaçao tenta atrair estrangeiros para uma permanência mais longa na ilha. O visto tem validade de seis meses, prorrogáveis por outros seis.

“A vida na ilha tem algumas características muito atraentes, especialmente agora que as pessoas em todo o mundo estão limitadas em sua liberdade de se locomover”, disse Steve Martina, ministro de Desenvolvimento Econômico de Curaçao.

Turistas se divertem em Curaçao, ilha no Caribe controlada pela Holanda — Foto: Eduardo Gato

Os candidatos a participar do programa devem preencher formulário no site da iniciativa. Além de uma declaração recente do empregador ou de que o candidato tem uma empresa própria no país de origem, é necessário seguro internacional de saúde com cobertura contra a Covid-19. O interessado também deve fornecer cópia da página da foto do passaporte. O custo total chega a US$ 294 (equivalente a cerca de R$ 1.650).


O governo local diz que Curaçao tem conseguido controlar os casos de Covid-19. Segundo a Universidade Johns Hopkins, que monitora a pandemia no mundo todo, a ilha com cerca de 150 mil habitantes viveu um pico nos registros da doença na virada do ano, mas os números regrediram. No total, são cerca de 5 mil diagnósticos desde o começo da crise, com 22 mortes.

Brasileiros podem participar?

Sim, mas, no momento, não há voos diretos entre Brasil e Curaçao. Não há previsão para quando as operações diretas serão retomadas. A solução, portanto, seria fazer conexão em outros países, mas há poucas opções: Colômbia e Estados Unidos estabeleceram medidas que restringem a entrada de viajantes provenientes do Brasil. O Panamá deverá retomar as viagens diretas à ilha caribenha nas próximas semanas.

Além disso, as autoridades de Curaçao exigem apresentação de teste PCR negativo para a Covid-19 em até 72 horas antes do desembarque na ilha. O exame deve ser custeado pelo próprio viajante.

VÍDEOS: mais assistidos do G1 nos últimos 7 dias

Compartilhe

Comente

Acesse e confira produtos incríveis…
Participe desse experiência.
3Cs – Confira! Compre! Compartilhe!

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .