Votação do segundo turno movimenta eleitores de Feira e Conquista neste domingo

Votação do segundo turno movimenta eleitores de Feira e Conquista neste domingo

A votação do segundo turno movimenta hoje os dois maiores colégios eleitorais do interior da Bahia – Feira de Santana e Vitória da Conquista. É dia dos 400.549 eleitores de Feira escolherem entre o deputado federal Zé Neto (PT) ou reeleger para o cargo o atual prefeito Colbert Martins (MDB). Em Conquista, com 221.849 eleitores, a disputa também será entre um candidato do PT, Zé Raimundo, e outro do MDB, o atual prefeito Herzem Gusmão.

No primeiro turno em Feira, Zé Neto obteve 119.862 votos, alcançando 41,55% do eleitorado, contra 110.146 votos de Colbert Martins, que recebeu o apoio de 38,18% do eleitorado que decidiu votar. A eleição em Feira de Santana teve 19,11% de abstenção – ou seja, 76.559 feirenses deixaram de votar no primeiro turno de 2020.

Em Conquista, a eleição também tem se mostrada equilibrada. Zé Raimundo teve cerca de três mil votos a mais do que o emedebista no primeiro turno, no último dia 15 de novembro. Foram 47,63% dos votos válidos para Zé Raimundo e 45,89% para Herzem.

Em um contexto de disputa tão acirrada, vencerá o candidato que conseguir conquistar os eleitores das duas cidade que decidam sair de suas casas. “Com um clima de acirramento, de polarização desse tipo o que a gente pode esperar é uma diminuição das abstenções. Mas isso também é muito incerto, porque nós estamos diante da pandemia e as notícias dos últimos dias são de aumento nos casos confirmados de Covid-19”, avalia o cientista político e professor da Unilab, Cláudio André.

Os resultados das eleições em Feira de Santana e Vitória da Conquista, cidades onde será realizado o segundo turno hoje, poderão alterar o jogo de poder e ter efeitos na disputa para o governo do estado em 2022.

O governador Rui Costa (PT) e o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), participaram ativamente da disputa, um em busca de eleger candidatos de seu partido e outro no anseio de manter antigos aliados.

Neto participou de carreatas e evento com apoiadores nos municípios para tentar impulsionar o apoio a Colbert e Herzem, de olho na candidatura ao governo do estado em 2022. Já Rui Costa tenta reverter, com os resultados nos dois colégios, a derrota em Salvador.

Além da derrota em Salvador, o grupo do governador sofreu reveses em cidades estratégicas na Bahia, a exemplo de Senhor do Bonfim, Barreiras, Luís Eduardo Magalhães e Santo Antônio de Jesus. O DEM, do prefeito de Salvador, venceu em 9 das 30 maiores cidades baianas. O PT, por outro lado, segue no comando de cidades importantes como Alagoinhas, Ilhéus, Itabuna e Paulo Afonso. Além disso, dois partidos aliados de Rui, o PSD e PP, conquistaram o maior número de prefeitos – 107 e 92, respectivamente.

Auditoria

O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) realizou ontem o sorteio das urnas que serão auditadas em votação paralela no segundo turno, para atestar a segurança do processo. Serão escolhidos três equipamentos entre as sete zonas eleitorais de Vitória da Conquista e Feira de Santana, cidades nas quais haverá segundo turno.

O presidente do TRE-BA, desembargador Jatahy Júnior, ao fazer um balanço do primeiro turno, elogiou as ações da Justiça Eleitoral, que viabilizou as eleições municipais deste ano em meio à pandemia. “Tivemos uma enorme participação por parte dos eleitores”, afirmou.

Em relação ao segundo turno, Jatahy disse que “teremos eleições sem enormes filas, com respeito aos protocolos de segurança instituídos pela Justiça Eleitoral desde o primeiro turno, e o resultado vai ser divulgado logo no início da noite, pouco depois do encerramento da apuração dos votos”.




Compartilhe
Comente

Dum Leão

dumleao

Acesse e confira produtos incríveis…
Participe desse experiência.
3Cs – Confira! Compre! Compartilhe!