Salvador é a capital que mais pratica atividades físicas, mostra IBGE

Salvador é a capital que mais pratica atividades físicas, mostra IBGE

Em 2019, 6 em cada 10 adultos na Bahia (62,0% ou cerca de 6,9 milhões de pessoas) e 7 em cada 10 adultos em Salvador (69,4% ou cerca de 1,6 milhão) eram considerados suficientemente ativos, o maior número entre capitais. Isso é o que indica a Pesquisa Nacional de Saúde (PNS) 2019, realizada pelo IBGE em convênio com o Ministério da Saúde.

O levantamento aponta que 62% dos baianos e 69,4% dos soteropolitanos praticavam pelo menos 150 minutos de atividade física por semana, fosse no lazer, no trabalho ou no deslocamento para trabalhar. No Brasil como um todo, 59,7% da população de 18 anos ou mais de idade era suficientemente ativa, em 2019.

Depois de Salvador, vem Palmas/TO (66,8%) e Aracaju/SE (66,8%). No outro extremo ficavam Manaus/AM (51,5%), Rio Branco/AC (55,0%) e João Pessoa/PB (55,1%). Já a Bahia (62,0%) tinha a sexta posição entre as unidades da Federação.

Espírito Santo (64,6% dos adultos suficientemente ativos), Minas Gerais (64,4%) e São Paulo (63,8%) apresentavam os maiores percentuais, enquanto Alagoas (50,7%), Paraíba (53,5%) e Acre (53,5%) tinham os menores.

A proporção de pessoas ativas era significativamente maior entre os homens (70,7% na Bahia, 76,2% em Salvador e 67,9% no Brasil) do que entre as mulheres (54,3% na Bahia, 64,1% em Salvador e 52,5% no Brasil).

Ela também diminuía com a idade, chegando ao seu menor nível entre os idosos. Na Bahia, 35,7% das pessoas de 60 anos ou mais de idade eram ativas em 2019. Em Salvador, esse percentual, embora também fosse o mais baixo por faixa etária, ainda era bem maior que no estado como um todo e chegava a mais da metade: 54,0% dos idosos eram ativos, a maior proporção para esse grupo etário entre as capitais.




Compartilhe
Comente

Dum Leão

dumleao

Acesse e confira produtos incríveis…
Participe desse experiência.
3Cs – Confira! Compre! Compartilhe!