Veja repercussão do ataque a faca em Nice, na França | Mundo

Veja repercussão do ataque a faca em Nice, na França | Mundo

O Papa Francisco expressou “solidariedade à comunidade católica de Nice, em luto pelo ataque que semeou morte em um lugar de oração e consolação”. “Rezo pelas vítimas, por suas famílias e pelo amado povo francês, para que possa reagir ao mal com o bem”, afirmou o sumo pontífice.

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, condenou “o ataque odioso e brutal” e pediu unidade dos países do bloco contra “a barbárie e o fanatismo”. “Meus pensamentos estão com as vítimas deste ataque asqueroso”.

O presidente do Conselho europeu, Charles Michel, expressou “toda minha solidaridade com a França e os franceses”. “Toda Europa está com vocês”, afirmou o político belga.


O presidente do Parlamento europeu, David Sassoli, disse estar “profundamente comovido” com o ataque, afirmou que “a dor é sentida por todos na Europa” e pediu unidade “contra a violência e quem incita e propaga o ódio”.

O governo da Turquia, que tem trocado ataques com o governo da França nos últimos dias, condenou “energicamente” o ataque e afirmou que “nenhuma razão pode justificar o assassinato de uma pessoa ou justificar a violência”.

Comunicado d ministério de Relações Exteriores turco diz que aqueles que “organizaram um ataque tão brutal em um lugar sagrado de culto não respeitam os valores religiosos, humanitários e morais”.

“Como país que luta contra diferentes tipos de terrorismo e perde seus cidadãos devido o terrorismo, enfatizamos que somos solidários ao povo francês, especialmente os residentes de Nice, contra o terrorismo e a violência”, diz o comunicado.

O Kremlin afirmou que é inaceitável matar pessoas, mas também é errado insultar a religião.

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, lamentou o ataque. “Estou chocado ao ouvir a notícia de Nice esta manhã sobre um ataque bárbaro na Basílica de Notre-Dame”, afirmou Johnson em comunicado em inglês e francês. “Nossos pensamentos estão com as vítimas e suas famílias, e o Reino Unido mantém-se firme com a França contra o terror e a intolerância.”

O primeiro-ministro holandês, Mark Rutte, afirmou que os franceses “não estão sozinhos”. “Vocês não estão sozinho na luta contra o extremismo. A Holanda está ao lado de vocês”.

Conselho muçulmano francês

Um representante do conselho francês para a fé muçulmana condenou veementemente o ataque. “Como sinal de luto e solidariedade às vítimas e seus entes queridos, apelo a todos os muçulmanos na França para cancelar todas as celebrações do feriado de Mulude”.

Mulude é a celebração islâmica realizada por alguns muçulmanos do nascimento do profeta Maomé.

“É hora de a França se livrar das leis de tempos de paz para erradicar definitivamente o islamo-fascismo de nosso território”, afirmou o prefeito de Paris, Christian Estrosi.

A prefeita de Paris, Anne Hidalgo, afirmou que os moradores de Nice “podem contar com o apoio da cidade de Paris e dos parisienses”.


Compartilhe
Comente

Dum Leão

dumleao

Acesse e confira produtos incríveis…
Participe desse experiência.
3Cs – Confira! Compre! Compartilhe!