“prende pouco e mata muito”

“prende pouco e mata muito”

O ex-secretário nacional de Segurança Pública, José Vicente da Silva, afirmou na manhã desta terça-feira, 20, durante entrevista à Rádio Metrópole, que a polícia na Bahia prende pouco, mas mata muito.

“A Bahia é um estado onde a polícia prende relativamente pouco, mas é um dos em que a polícia mais mata. Está matando praticamente três vezes mais que a polícia de São Paulo, pensando proporcionalmente a cada 1 milhão de habitantes”, analisou.

De acordo com Vicente da Silva, dentre os principais problemas do Brasil está a permissão, por parte da lei, de prescrição de crimes. Durante a conversa, o ex-secretário também denunciou uma “precariedades assustadoras” nas estruturas do sistema de justiça criminal.

“Nos últimos 10 anos 70% dos assassinos, o que corresponde a meio milhão de pessoas, não foram pegos pela Justiça. Para condenar alguém que está preso preventivamente, demora três anos. Nós sabemos que 10% vão ser inocentados e mais da metade vai poder cumprir uma pena alternativa”, pontuou o coronel.

Procurada pelo Portal A TARDE, a Secretaria de Segurança Pública do Estado da Bahia (SSP-BA) emitiu um posicionamento sobre a declaração de José Vicente. Na nota, o órgão estadual ressaltou que 23 mil criminosos são presos anualmente pelas equipes, além de destacar os investimentos feitos nos treinamentos dos policiais.

“Nos casos de resistências com confrontos, as equipes são capacitadas para reagir proporcionalmente, como determina a lei. (a pasta) Enfatiza ainda que essas ocorrências são apuradas pelas Corregedorias e, existindo qualquer ilegalidade, os policiais envolvidos são responsabilizados”, concluiu a SSP.




Compartilhe
Comente

Dum Leão

dumleao

Acesse e confira produtos incríveis…
Participe desse experiência.
3Cs – Confira! Compre! Compartilhe!