Pompeo se reúne com aliados dos EUA em Tóquio e volta a criticar a China | Mundo

Pompeo se reúne com aliados dos EUA em Tóquio e volta a criticar a China | Mundo

O secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo criticou duramente a China nesta terça-feira (6) em uma reunião com os chefes da diplomacia da Austrália, Índia e Japão – o encontro tinha como objetivo construir uma frente unida contra o gigante asiático.

Essa foi também a primeira visita de um alto funcionário do governo dos EUA ao Japão desde que o novo primeiro-ministro, Yoshihide Suga chegou ao poder no mês passado em Tóquio.

A viagem de Pompeo ao Japão foi mantida, apesar do diagnóstico positivo de Donald Trump para a Covid-19 e o surto de casos da doença na Casa Branca. A comitiva oficial cancelou o resto da visita que passaria também pela Coreia do Sul e pela Mongólia.

Em Tóquio, Pompeu se reuniu com o “Quad”, grupo estratégico informal estabelecido em 2019 pelos governos dos EUA, Austrália, Índia e Japão. O chefe da diplomacia norte-americana elogiou o posicionamento de Suga sobre o futuro da região do Pacífico.


“Em sua primeira declaração depois de assumir o cargo, Suga descreveu a região livre e aberta do Indo-Pacífico como ‘a base da paz e da estabilidade regionais’. Eu não poderia concordar mais”, disse Pompeo.

Com a ministra australiana das Relações Exteriores, Marise Payne, o norte-americano compartilhou “preocupações sobre as atividades maliciosas da China na região”. A associação entre os quatro países foi promovida especialmente pelo ex-primeiro-ministro japonês Shinzo Abe.

O objetivo das principais democracias da região é intensificar a cooperação ante uma China cada vez mais poderosa, mas até o momento o impacto do grupo é principalmente simbólico.

Nos últimos meses, Pompeo e o governo do presidente Donald Trump mantêm relações tensas com Pequim nas áreas de segurança, comércio e tecnologia. As relações de Nova Délhi e Sydney com Pequim também foram abaladas recentemente.

A China não esconde sua opinião sobre o grupo “Quad”. Na semana passada, o ministério chinês das Relações Exteriores pediu aos países que evitem os “grupos fechados e exclusivos”.

“Esperamos que os países envolvidos consigam avançar a partir dos interesses comuns dos países da região e fazer mais coisas que favoreçam a paz, a estabilidade e o desenvolvimento da região, e não o contrário”, declarou o porta-voz do ministério, Wang Wenbin.

VÍDEOS: Notícias internacionais

Compartilhe

Comente

Acesse e confira produtos incríveis…
Participe desse experiência.
3Cs – Confira! Compre! Compartilhe!

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .