Salvamar registra 17 afogamentos após flexibilização que permitiu reabertura das praias

Salvamar registra 17 afogamentos após flexibilização que permitiu reabertura das praias

Uma semana após a reabertura das praias da capital baiana, a Coordenadoria de Salvamento Marítimo de Salvador (Salvamar) registrou 17 casos de afogamentos no trecho entre o Jardim de Alah e Stella Maris.

Desde o último dia 21, os salva-vidas já fizeram 350 ações preventivas, orientando banhistas sobre eventuais perigos de maré. São 240 profissionais atuando em 35 postos espalhados pela orla marítima da cidade. O coordenador da Salvamar, Iure Carlton, orienta que os banhistas devem evitar profundidades, principalmente quando a água estiver acima da linha da cintura, e evitar mergulho em locais onde não há a presença de salva-vidas.

De acordo com a prefeitura de Salvador, por meio da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), serão investidos R$ 200 mil para reforçar a estrutura do órgão durante a pandemia da Covid-19 (novo coronavírus), com a aquisição de novos equipamentos de salvamento aquático. 




Compartilhe
Comente

Dum Leão

dumleao

Acesse e confira produtos incríveis…
Participe desse experiência.
3Cs – Confira! Compre! Compartilhe!