Em Live de aniversário, Jornal MASSA! debate cenário da pandemia nos bairros

Em Live de aniversário, Jornal MASSA! debate cenário da pandemia nos bairros

A programação em comemoração ao aniversário de 10 anos do Jornal MASSA!, celebrado em 18 de outubro, teve início com um enriquecedor bate-papo sobre o atual cenário pandêmico na capital baiana. Na celebração de uma década de compromisso com a informação, foi realizada, na tarde de ontem, a mesa-redonda “O impacto da pandemia nos bairros de Salvador”.

Com mediação do jornalista Osvaldo Lyra e participação de Jefferson Domingos, repórter do Jornal MASSA!, estiveram presentes os convidados Eduardo da Luz, do Portal Fala Cajazeiras, e Rafael Souza, fundador e gestor da InfoStella. A transmissão virtual teve início às 15h e ocorreu simultaneamente no Instagram do MASSA! e no canal do Grupo A TARDE no YouTube.

Em meio à discussão, a situação de algumas localidades, sobretudo de Cajazeiras, Stella Maris e Subúrbio Ferroviário, veio à tona pela ótica dos debatedores. Os comunicadores defendem a manutenção das medidas preventivas, principalmente do isolamento social. “Passar a quarentena em um ambiente de 100, 200 metros quadrados é fácil, mas vivendo com quatro, cinco pessoas em um espaço mínimo é complicado”, pontuou Eduardo da Luz, sobre a realidade dos moradores de Cajazeiras.

No bairro de Stella Maris, que chegou a ser considerado um dos locais com maior adesão ao isolamento social, segundo estudo do Instituto de Saúde Coletiva (ISC) da Universidade Federal da Bahia (Ufba), o cenário inspira preocupação.“No início, as pessoas seguiam muito o isolamento. Com o tempo, as dificuldades começaram a aparecer, os dados aumentaram”, lamentou Rafael Souza.

A desobediência aos decretos Estadual e Municipal e a persistência das festas ‘paredão’ na cidade também foram discutidos no bate-papo. “Enquanto não houver conscientização, há um risco iminente de algo mais grave acontecer. No meu ponto de vista, mais rigor é o caminho”, comentou Eduardo. “De sexta a domingo, recebemos muitas mensagens de pessoas indignadas. Nós, como meio de comunicação, devemos intermediar isso com o poder público”, expôs Rafael.

Morador de Plataforma, o jornalista Jefferson Domingos abordou a superlotação do transporte público em meio ao crescimento de casos de Covid-19 na cidade. “Aqui é uma realidade bem parecida com a de Cajazeiras, o que mais tem é reclamação de coletivos lotados”, salientou. Domingos.

Apesar das dificuldades, os comunicadores demonstraram otimismo com a retomada gradual das atividades em Salvador. “Há um trabalho belíssimo do prefeito e governador. Deixaram a rivalidade de lado e lutaram pela classe. Em nosso Estado, a reabertura está sendo feita de uma forma prudente e competente”, opinou o gestor do Portal Fala Cajazeiras.

“Acho que estamos passando por um processo de aprendizagem, ressignificação e restabelecimento. Muitas pessoas estão aprendendo a lidar com esse novo cenário”, comentou Rafael. Jefferson considera a reabertura positiva, mas pondera. “Tenho receio de que isso bote tudo a perder. Precisamos continuar batendo na tecla da conscientização”, finalizou.

*Sob a supervisão da editora Kenna Martins




Compartilhe
Comente

Dum Leão

dumleao

Acesse e confira produtos incríveis…
Participe desse experiência.
3Cs – Confira! Compre! Compartilhe!