“Tenho nojo do que eu era”

“Tenho nojo do que eu era”

Após ficar um ano e três meses preso no Complexo Penitenciário da Mata Escura, em Salvador, pela morte do empresário William Oliveira, o digital influencer Iuri dos Santos Abrão Silva publicou um vídeo nas redes sociais na manhã deste sábado, 26, agradecendo o apoio dos fãs.

“Pessoas fiéis, que não me abandonaram durante esse um ano. Foi um momento de reflexão e aprendizado. Agradeço a cada um de vocês. Se manter uma rede social com 250 mil seguidores, é muito difícil, sem ter nenhum conteúdo para postar”, disse Iuri.

Falando abertamente pela primeira vez sobre o período em que ficou preso, Iuri relatou que amadureceu na prisão e diz sentir nojo do seu passado.

“Quero dizer para vocês que aprendi muito, amadureci muito nesse tempo em que estive encarcerado. Busquei a Deus. Têm pessoas que falam: “Entrou na cadeia e virou cristão”. Não é assim galera, quando você entra, que você busca, Deus tira as escamas dos seus olhos. Você vê que tudo isso aqui é vão, vaidade de vaidade, tudo é passageiro”, desabafou Iuri.

“Eu vivia atrás de fama, de luxo, dinheiro e vi que realmente é só vaidade. A gente aprende a valorizar as melhores coisas da vida. Você olha de lá de dentro e vê que era só ilusão. Eu era um homem prostituto, um homem que vivia traindo minha esposa, era um cara covarde. Um cara que hoje eu tenho nojo, não gosto nem de falar”, completou o ex-empresário.

 




Compartilhe
Comente

Dum Leão

dumleao

Acesse e confira produtos incríveis…
Participe desse experiência.
3Cs – Confira! Compre! Compartilhe!