“A educação será a espinha dorsal do nosso programa”, afirma Bacelar

“A educação será a espinha dorsal do nosso programa”, afirma Bacelar

Dando sequência a série de entrevistas com os candidatos à Prefeitura de Salvador, o programa ‘Isso é Bahia’, da rádio A TARDE FM, convidou nesta terça-feira, 22, o pré-candidato a prefeito de Salvador pelo Podemos, João Carlos Bacelar. Durante a conversa, Bacelar afirmou que a educação vai ser seu principal investimento e que as escolas vão se tornar o elemento central dos bairros.

“A educação será a espinha dorsal do nosso programa. Para se ter uma ideia, nós estamos pensando na escola como o centro da comunidade. Nós vamos implantar um programa na área da educação que transforma a escola em um centro das decisões de um bairro, que chama-se comunidade educadora”, disse o postulante.

Segundo Bacelar, no modelo de comunidade educadora pensado para sua gestão, os profissionais da educação iriam visitar as famílias daqueles alunos que apresentaram queda brusca de rendimento, sinais de violência, abandono social ou até mesmo àquelas crianças que residam em área de alta vulnerabilidade social.

“Essas visitas criam um banco de dados e a partir deles os casos são classificados como ‘urgente’ ou ‘urgentíssimo’, passando a ser encaminhado para uma rede de secretarias”, acrescentou.

“Sol, sal e sexo”

Bacelar também comentou durante a entrevista que o turismo de Salvador precisa deixar de ser voltado para o “sol, sal e sexo”.

“Veja o que sustentava o turismo na Bahia: carnaval, réveillon, São João, etc. O turismo agora na Bahia será um turismo ecológico e cultural. A pandemia destruiu este antigo modelo e precisamos repensar outros”, destacou o pré-candidato.

Ilha da fantasia

Bacelar afirmou, ainda, que não possui desavenças com Bruno Reis, mas discorda do modelo de administração que o atual vice-prefeito representa. “Reconheço Bruno como um bom administrador e um bom articulador político. O problema não é Bruno Reis, mas o tipo de administração que representa. Essa administração concentrou obras e serviços nos mesmos locais, que gera riqueza para as mesmas pessoas e grupos, que só dá oportunidade aos seus amigos”, afirmou Bacelar.

Conforme o podemista, é necessário desconcentrar as obras na capital baiana, que estariam voltadas apenas para o Centro. “Vamos também focar nos bairros. Nunca uma gestão de Salvador se focou nos bairros, eles sempre se focam em uma tendência mundial que é desenvolver a cidade a partir do Centro. Mas quando este modelo falha a estagnação atinge toda cidade e é o que acontece em Salvador”, opinou.

Ainda conforme o pré-candidato, “em Salvador, temos uma ilha da fantasia no Centro da cidade, onde estão os melhores prédios, os melhores empregos, os equipamentos culturais. O resto da cidade é desassistida”.




Compartilhe
Comente

Dum Leão

dumleao

Acesse e confira produtos incríveis…
Participe desse experiência.
3Cs – Confira! Compre! Compartilhe!