Secretário da Educação da Bahia critica fala homofóbica de ministro

Secretário da Educação da Bahia critica fala homofóbica de ministro

O secretário da Educação do Estado da Bahia, Jerônimo Rodrigues, criticou as declarações do ministro da Educação, Milton Ribeiro. Ao jornal Estado de São Paulo, na quinta-feira, 24, o ministro defendeu a retomada das aulas presenciais na pandemia, disse que a responsabilidade pela internet nas escolas é uma atribuição dos estados e municípios e que “homossexualismo” acontece em “famílias desajustadas”.

Sobre as declarações homofóbicas, Jerônimo foi enfático. “Homofobia é crime, ele deveria saber. A escola tem que ser um lugar de ética, de respeito, solidariedade e empatia. Além de ofensivo, o comentário do ministro da Educação, infelizmente, só revela preconceito e ignorância”, declarou.

Rodrigues também criticou outros pontos da declaração do ministro Milton Ribeiro. “O ministro deveria exercer uma liderança nacional, em diálogo com secretários estaduais e municipais, conselhos de Educação e universidades. Ao invés disso, se omite, ignora o sistema federativo e o regime de colaboração”, disse o secretário.

O secretário ainda acrescenta. “Em vez de tratar da sexualidade das pessoas, que definitivamente não é da conta dele, sugiro ao ministro o envio de apoio aos estados e municípios, sobretudo neste período de pandemia, em que o país ultrapassa as 140 mil vidas perdidas para a Covid-19. Ele fala em voltas às aulas, mas sem garantias de segurança para a comunidade escolar e as famílias, sem medidas para o ensino remoto, nada. Preconceito tem; soluções, não”, concluiu.




Compartilhe
Comente

Dum Leão

dumleao

Acesse e confira produtos incríveis…
Participe desse experiência.
3Cs – Confira! Compre! Compartilhe!