Polícia inicia transferência de migrantes para novo campo em Lesbos, na Grécia | Mundo

Polícia inicia transferência de migrantes para novo campo em Lesbos, na Grécia | Mundo

A polícia grega iniciou nesta quinta-feira (17) uma operação na ilha de Lesbos para transferir milhares de migrantes, que permanecem nas ruas desde o incêndio do campo de Moria, a um novo campo instalado em caráter de emergência.

Às 7h locais (1h em Brasília), a polícia começou a acordar os migrantes, barraca por barraca, para levá-los ao campo instalado depois do incêndio da semana passada. Os migrantes começaram a reunir os poucos pertences e a desmontar as barracas improvisadas nas ruas.

O acesso ao novo campo foi barrado aos jornalistas e aos funcionários da ONG Médicos Sem Fronteiras (MSF).

O porta-voz da polícia, Theodoros Chronopoulos, afirmou que a operação tem fins humanitários. “O objetivo é proteger a saúde pública”, declarou à AFP.


Desde o incêndio de Moria, onde moravam quase 13 mil refugiados, milhares de pessoas montaram barracas em estacionamentos de supermercado e margens de estradas.

Moria, o maior campo de migrantes da Europa, criado há cinco anos em plena crise migratória, foi totalmente destruído por incêndio, intencional de acordo com as autoridades gregas, na madrugada de 8 para 9 de setembro.

Seis jovens migrantes afegão detidos e quatro deles foram acusados por “incêndio voluntario”.

As autoridades gregas e a Organização das Nações Unidas (ONU) iniciaram no sábado a construção de um novo campo para abrigar os refugiados e onde os procedimentos de asilo poderiam ser retomados.

Quase 1.200 exilados já entraram no campo de emergência, instalado em uma área próxima das ruínas de Moria, afirmou o ministério das Migrações.

O objetivo do novo campo, “temporário”, é que os refugiados “possam progressivamente e de maneira calma deixar a ilha para seguir a Atenas ou ser instalados em outro lugar”, afirmou o representante do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) na Grécia, Philippe Leclerc.

No entanto, muitos migrantes se recusam a entrar no novo campo, pois temem permanecer retidos durante meses à espera de uma eventual transferência ao continente grego ou outro país europeu.


Compartilhe
Comente

Dum Leão

dumleao

Acesse e confira produtos incríveis…
Participe desse experiência.
3Cs – Confira! Compre! Compartilhe!