Navalny publica foto em hospital na Alemanha e diz que consegue respirar sozinho | Mundo

Navalny publica foto em hospital na Alemanha e diz que consegue respirar sozinho | Mundo

O opositor russo Alexei Navalny compartilhou em uma rede social nesta terça-feira (15) uma fotografia tirada no hospital onde está internado em Berlim, na Alemanha, para se tratar de uma suspeita de envenenamento.

O advogado de 44 anos, que ficou em estado grave, disse que agora consegue respirar sozinho.

“Olá, aqui é Navalny. Sinto falta de todos vocês”, escreveu ele em letras maiúsculas para seus seguidores no Instagram. “Eu ainda mal posso fazer qualquer coisa, mas ontem eu consegui respirar por todo o dia por minha própria conta. Realmente por minha própria conta.”

Na foto, o principal opositor ao presidente da Rússia, Vladimir Putin, aparece sentado na cama e cercado por sua família, de acordo com a agência Reuters.

A assessora de imprensa de Navalny, Kira Yarmysh, afirmou que ele pretende retornar ao seu país depois de se recuperar.

Em 20 de agosto, Navalny passou mal a bordo de um avião e foi internado em um hospital da Sibéria. Desde o início, seus assessores disseram que ele tinha sido envenenado ao tomar um chá antes de embarcar no aeroporto de Tomsky. Porém, os médicos russos disseram não ter detectado traços de veneno.

Após ser transferido para o hospital em Berlim, especialistas alemães concluíram que ele foi envenenado com Novichok, agente neurotóxico desenvolvido pela União Soviética para uso militar.

Navalny ficou em estado grave e chegou a precisar de ajuda de um respirador. Aos poucos, seu estado quadro evoluiu e ele deixou o coma induzido no dia 7 de setembro.

Líder da oposição russa Alexei Navalny sai do coma induzido

Líder da oposição russa Alexei Navalny sai do coma induzido

Rússia quer acesso a informações

Moscou afirma que não há provas que apontem um crime e nega qualquer envolvimento no incidente. O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, voltou a afirmar nesta terça que o governo russo está aberto a esclarecer o que aconteceu com o opositor, mas que precisa ter acesso a informações sobre seu caso.

A Rússia pediu a Berlim que entregue as análises do laboratório alemão que identificaram o agente neurotóxico novichok. Peskov disse que não consegue entender as razões pelas quais laboratórios na França e na Suécia testaram as amostras médicas de Navalny se a Rússia ainda não teve o mesmo acesso.

O porta-voz do Kremlin disse que todos ficarão felizes caso Navalny se recupere e que ele é livre para retornar à Rússia.

Veja vídeos das principais notícias internacionais:


Compartilhe
Comente

Dum Leão

dumleao

Acesse e confira produtos incríveis…
Participe desse experiência.
3Cs – Confira! Compre! Compartilhe!