ABI relata dificuldade para realização de perícia em Museu Casa de Ruy Barbosa

ABI relata dificuldade para realização de perícia em Museu Casa de Ruy Barbosa

A Associação Bahiana de Imprensa (ABI) realatou que o Centro Universitário Ruy Barbosa (UniRuy) impediu, pela terceira vez, que peritos entrem no prédio do Museu Casa de Ruy Barbosa para verificar seu estado de conservação. O UniRuy é responsável por administrar o local em convênio com a ABI.

Em 2019, conforme a associação, o UniRuy teria manifestado o propósito de interromper a parceria e devolver o imóvel e os bens móveis à associação. As instalações, entretanto, deveriam ser devolvidas nas mesmas condições que foram entregues à UniRuy.

Por isso, a perícia é nescessária. A ABI solicitou, através de designação da Justiça, por meio da engenheira Ana Lívia de Passos Lima, uma perícia no local. Esta vistoria estaria sendo negada pela pró-reitora administrativa do centro universitário, professora Eliana Martins.

A intenção é que a perícia realizada pela engenheira Ana Lívia de Passos Lima seja confrontada com a perícia cartorial que o UniRuy encomendara desde 2019.

“Da última vez que estive lá vi quadros de Ruy Barbosa furados . Entao existem sinais evidentes de que o imóvel foi abandonado”, explica Ernesto Marques, presidente da ABI. “Nós desejamos recuperar o acesso e o controle de um patrimônio que é da ABI, mas queremos no mesmo estado em que eles assumiram”, diz. “Não posso permitir que a memória de Ruy seja tratada dessa forma”, finaliza Marques.

Em nota, o UniRuy informou que ainda não foi oficialmente citado e intimado para a realização da perícia e, por este motivo, segue no aguardo do agendamento e que o mesmo será direcionado a todos interessados. O centro universitário também alegou que não há nenhuma proibição, por parte da instituição, envolvendo o acesso do perito judicial ao Museu Casa de Ruy Barbosa.

O Museu, conforme a ABI, já chegou até a ser vítima de roubo em setembro de 2018, quando 15 objetos que pertenceram ou que são afins com o político Ruy Barbosa (1849-1923) foram levados. Na ocasião, o UniRuy e a ABI registraram queixa e acompanhavam o desdobramento.




Compartilhe
Comente

Dum Leão

dumleao

Acesse e confira produtos incríveis…
Participe desse experiência.
3Cs – Confira! Compre! Compartilhe!