Protesto em Israel pede renúncia de Benjamin Netanyahu e critica condução durante a pandemia

Protesto em Israel pede renúncia de Benjamin Netanyahu e critica condução durante a pandemia



O ato reúne mais de 10 mil pessoas, segundo a imprensa local, e ocorre em frente à residência do primeiro-ministro de Israel, em Jerusalém. Manifestantes protestam em Israel contra Benjamin Netanyahu
Manifestantes fazem um ato na capital de Israel com críticas ao primeiro-ministro Benjamin Netanyahu, neste sábado (12). Segundo a imprensa local, o ato reúne mais de 10 mil pessoas, tem acontecido todas as semanas e ocorre em frente à residência de Netanyahu.
Os participantes estão insatisfeitos com a forma como Netanyahu conduziu o combate à pandemia da Covid-19 em Israel e pedem a renúncia dele do cargo. O país tem 9 milhões de habitantes e registrou mais de 150 mil casos e mais de mil mortes pela doença.
Benjamin Netanyahu, premiê de Israel, coloca máscara durante entrevista coletiva nesta terça-feira (8)
Alex Kolomiensky/Pool/AFP
Israel está em recessão por causa da pandemia e a taxa de desemprego está acima de 20%. O primeiro-ministro ainda aguarda julgamento por corrupção e tambem é suspeito por fraude e suborno.
Uma pesquisa publicada em agosto revelou que 61% dos israelenses não confiam em Netanyahu para gerenciar essa crise do novo coronavírus.


Compartilhe
Comente

Dum Leão

dumleao

Acesse e confira produtos incríveis…
Participe desse experiência.
3Cs – Confira! Compre! Compartilhe!