Grupo protesta e bloqueia parcialmente via da BR-324 em Salvador

Grupo protesta e bloqueia parcialmente via da BR-324 em Salvador

Um grupo protesta na manhã desta terça-feira, 8, e fecha parcialmente uma via marginal da BR-324, no trecho do bairro de Águas Claras, em Salvador. O ato ocorre no sentido Feira de Santana.

De acordo com o diretor da Associação dos Desempregados do Estado Bahia, Everton Pessoa, o motivo do protesto seria a falta de contratação de pessoas da cidade para construção da estação do metrô na região.

O grupo responsabiliza a construtora responsável pela obra. “Temos denúncia dos trabalhadores do metrô, que a Camargo Corrêa não está contratando pessoas de Salvador, e nem da Bahia. Praticamente todas as equipes são de fora”, reclamou Everton.

“Como o trabalhador ficou cansado de ficar na porta da obra sem conseguir mandar currículo, resolvemos fazer a manifestação”, alegou.

Uma equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF) está no local monitorando o protesto. A Construtora Camargo Corrêa enviou ao Portal A TARDE uma nota de posicionamento sobre o caso.

Leia abaixo:

As obras do Tramo 3 do Metrô de Salvador contam com 95,38% de mão de obra local, conforme o último levantamento concluído no mês passado. Dos 130 profissionais que estão trabalhando no local, apenas 6 vieram de outros Estados e executam supervisão da obra. A Camargo Corrêa Infra prioriza a contratação de profissionais locais, por isso mantém parceria com o Sine Bahia para divulgação de eventuais vagas abertas. Orientamos aos interessados que façam cadastro no Sine Bahia para se candidatar a oportunidades de emprego.




Compartilhe
Comente

Dum Leão

dumleao

Acesse e confira produtos incríveis…
Participe desse experiência.
3Cs – Confira! Compre! Compartilhe!