Em julho, vendas do varejo baiano crescem 9,7%

Em julho, vendas do varejo baiano crescem 9,7%

As vendas no comércio varejista baiano registraram em julho de 2020 crescimento de 9,7%, frente ao mês anterior, após aumentos de 7,7% e 11,1%, em junho e maio de 2020. No cenário nacional, a expansão nos negócios foi de 5,2 %, na mesma base de comparação.

Esses dados foram apurados pela Pesquisa Mensal de Comércio (PMC) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgados nesta quinta-feira, 10. Conforme a pesquisa, esse foi o terceiro avanço consecutivo nessa comparação, após dois meses de quedas históricas nesse indicador.

Em relação ao mês do ano anterior, devido à pandemia do coronavírus, as vendas no comércio varejista baiano registraram recuo de 2,7%. No acumulado do ano, a taxa do volume de negócios foi negativa em 10,1%.

O resultado registrado para o varejo baiano em julho releva que o setor foi influenciado pela liberação do auxílio emergencial e relaxamento das medidas de isolamento social, ocorrida nesse mês. Com uma demanda reprimida e retração no mercado de trabalho, muitos consumidores utilizaram o auxílio para iniciar o seu próprio negócio.

Embora o cenário ainda seja de consumo limitado, a expectativa provocada pela abertura gradual do comércio influenciou o Índice de Confiança do Consumidor (ICC) da Fundação Getulio Vargas que subiu 7,7 pontos em julho, para 78,8 pontos.




Compartilhe
Comente

Dum Leão

dumleao

Acesse e confira produtos incríveis…
Participe desse experiência.
3Cs – Confira! Compre! Compartilhe!