Carlos Geilson afirma ser ‘aceitável’ o terceiro lugar da pesquisa eleitoral em Feira

Carlos Geilson afirma ser ‘aceitável’ o terceiro lugar da pesquisa eleitoral em Feira

Em terceiro lugar com 9% das intenções de votos na corrida pela Prefeitura de Feira de Santana, segundo dados do levantamento realizado pelo instituto Potencial Pesquisa e divulgada pelo A TARDE nesta quinta-feira, 10, o ex-deputado estadual e radialista Carlos Geilson (Podemos) avalia como “aceitável” o atual patamar, que segundo garante, é provisório.

“Tenho figurado sempre entre 16% e 18%, o número, com a margem de erro, está dentro do patamar aceitável. A pesquisa, a metodologia constatou esse número e nós temos que trabalhar em cima do que é apresentado. Pesquisas são Interessantes, sempre dá para tirar proveito e trabalhar, muita gente ainda não sabe que eu sou candidato e o meu sentimento é que quando começar a campanha e o jogo ficar bem definido, nós vamos crescer bastante”, avalia o candidato a prefeito de Feira pelo Podemos.

Um dos fatores apontados por Geilson e que deve potencializar o seu crescimento eleitoral nos próximos levantamentos é o apoio e a proximidade do seu principal cabo eleitoral para o pleito: o deputado estadual Targino Machado (Dem).

O parlamentar do democratas foi o deputado estadual com maior votação em Feira de Santana nas eleições de 2018: “O eleitorado do nosso principal cabo eleitoral, o deputado estadual Targino Machado, não sabe que ele está me apoiando. Na campanha esse apoio ficará claro e vamos crescer bastante”

Rompido com o grupo apoiado por seu partido no município, Machado vem utilizando suas redes sociais e entrevistas à imprensa para atacar a gestão de Colbert Martins e o seu principal cabo eleitoral, o ex-prefeito Zé Ronaldo (Dem).

O levantamento da Potencial Pesquisas mostrou que o candidato do Podemos possui uma alta taxa de rejeição. 52% do eleitorado disseram que não votaria nele.

Questionado sobre os fatores que poderiam ter influenciado para o número alto de rejeição por parte dos eleitores consultados em Feira, Carlos Geison optou por questionar os números do levantamento: “Essa rejeição é a única coisa que não bate na pesquisa. Eu tenho tido entre 5% e 7% nas pesquisas que foram feitas, nunca passou disso. Isso é uma coisa que não está em concordância com os números que são pesquisados por mim e por outros candidatos”.

Desgaste da gestão

Na avaliação de Carlos Geilson, existe um “esgotamento e esgarçamento” no grupo do prefeito Colbert Martins, que disputa a reeleição. Para justificar seu argumento, o candidato à Prefeitura de Feira de Santana pelo Podemos cita o evento realizado pelo grupo do atual prefeito, onde o ex-prefeito Zé Ronaldo (Dem) declarou que segue ao lado de Coubert em 2020.

“Se esperava que com o anúncio do ex-prefeito Zé ronaldo (Dem), o candidato dele fosse largar na dianteira, mas não foi o que aconteceu. O candidato galvanizou poucos votos em relação ao apoio recebido. O candidato que está no poder conta com o apoio do ex-prefeito de tantos mandatos e ainda está patinando na casa de 20 pontos. O sentimento na cidade é de mudança em relação a um projeto que cansou, saturou e os número da pesquisas atestam que é esse o cenário”, ressalta Geilson.

Em 2018, o ex-prefeito José Ronaldo deixou o cargo de chefe da prefeitura de Feira nas mãos de seu vice-prefeito, Colbert Martins (MDB), e foi disputar a vaga de governador da Bahia. A derrota expressiva nas urnas reforçou o que o candidato do Podemos classificou como a opção por “uma aventura”, por parte do ex-prefeito de Feira de Santana, o que, em sua avaliação, impactou negativamente no eleitorado do grupo que está no comando da prefeitura da Princesa do Sertão: “Existe um trauma porque o Colbert tem um estilo totalmente diferente e não consegui dar ritmo à gestão do ex-prefeito. Zé Ronaldo foi para uma aventura e entregou o governo a um político que tem uma forma de ser diferente, impactando negativamente no eleitorado do grupo”.




Compartilhe
Comente

Dum Leão

dumleao

Acesse e confira produtos incríveis…
Participe desse experiência.
3Cs – Confira! Compre! Compartilhe!