Opositor Maxim Znak é detido por homens mascarados em Belarus | Mundo

Opositor Maxim Znak é detido por homens mascarados em Belarus | Mundo

O advogado Maxim Znak, um dos últimos integrantes do conselho de opositores em Belarus, foi detido por homens mascarados nesta quarta-feira (9), disseram fontes da oposição.

O serviço de imprensa publicou no Telegram uma foto de Znak sendo conduzido por homens mascarados em roupas civis.

O jurista, de 39 anos, é um dos sete membros da liderança do conselho de coordenação, órgão formado para pressionar pela renúncia do presidente Alexander Lukashenko e organizar a transição de poder.

A líder do grupo e ganhadora do Prêmio Nobel de Literatura Svetlana Alexievich está exilada na Lituânia. Os demais integrantes da equipe detidos ou também exilados.


A prisão de Znak ocorre exatamente um mês após a eleição presidencial, que desencadeou uma onda de manifestações sem precedentes contra a reeleição do presidente Lukashenko, acusado de fraude.

A oposição afirma que a oposição Svetlana Tijanóvskaya ganhou as eleições.

A polícia e os serviços secretos (KGB) não confirmaram a prisão de Znak, mas o roteiro corresponde ao ocorrido com outros adversários, que foram detidos por homens não identificados e dois dias depois apareceram como exilados ou presos.

O governo bielorrusso afirmou na terça-feira (8) que deteve Maria Kolésnikova, uma das líderes dos protestos contra Lukashenko, quando ela fugia do país para a Ucrânia.


Compartilhe
Comente

Dum Leão

dumleao

Acesse e confira produtos incríveis…
Participe desse experiência.
3Cs – Confira! Compre! Compartilhe!