Programa municipal prevê reconstrução de casarões no Comércio

Programa municipal prevê reconstrução de casarões no Comércio

Um programa de moradias da prefeitura de Salvador prevê recuperar casarões em estado de degradação no bairro do Comércio. A medida será dividido em três fases, uma abrange a área que vai da Igreja do Corpo Santo (esquina com a Praça Cairu) até o Plano Inclinado Gonçalves, a segunda, vai do Plano Inclinado Gonçalves até a Associação Comercial da Bahia, e a terceira visa a região do Plano Inclinado Pilar, próximo à Praça Marechal Deodoro.

Focado na primeira fase, o programa tem como frente a Fundação Mário Leal Ferreira (FMLF) que já identificou 17 imóveis desocupados ou subutilizados (com apenas o térreo sendo utilizado), com potencial construtivo para 200 apartamentos. A previsão é que cada apartamento custe em média de R$ 130 mil e será dirigido a servidores públicos municipais. 

O critério usado pelo órgão é através de estudo de viabilidade econômica e financeira. Conforme a Secretaria de Comunicação Municipal, o objetivo é que prefeitura entre com  com um subsídio para a desapropriação dos imóveis e que haja um financiamento a ser pago pelo servidor, através de desconto em folha.

“Todo o programa de habitação da Prefeitura estará incluído em um Fundo Imobiliário. Acreditamos que até novembro estaremos com esse fundo registrado na Comissão de Valores Mobiliários (CVM)”, disse a presidente da FMLF, Tânia Scofield.

 




Compartilhe
Comente

Dum Leão

dumleao

Acesse e confira produtos incríveis…
Participe desse experiência.
3Cs – Confira! Compre! Compartilhe!