Ayrton Senna na Netflix: herói, conquistas e “kriptonitas”

Ayrton Senna na Netflix: herói, conquistas e “kriptonitas”

Drama ficcional deve mostrar os bastidores da vida de um dos maiores ídolos nacionais

A Netflix anunciou nesta quinta (03) a produção do primeiro drama ficcional sobre o piloto brasileiro Ayrton Senna, considerado um dos maiores do automobilismo. De acordo com o comunicado enviado à imprensa, a minissérie está prevista para ser lançada em 2022 e será gravada em duas línguas: inglês e português, tendo oito episódios. Dessa forma, a ideia é ir além do que acontecia nas pistas, mostrando a personalidade do piloto e a suas relações familiares ao longo de toda a carreira.



Assim, o que se espera na série é uma amostra de toda a sua força como herói nacional, mas também as fraquezas; humanizando-o. Além disso, todo trabalho será da produtora audiovisual paulista Gullane e com a participação da família do piloto.


Leia mais: Episódio final da 10ª temporada de The Walking Dead ganha teaser

O que se espera da minissérie?

Para muitos que conseguiram vivenciar os anos 80 e 90, Ayrton Senna foi, sem nenhum dúvida, um dos maiores ídolos do povo brasileiro. Segundo Viviane Senna, irmã de Ayrton: “É muito especial poder anunciar que contaremos a história que poucos conhecem dele. A família Senna está empenhada em fazer deste projeto algo totalmente único e inédito. E ninguém melhor do que a Netflix, que tem um alcance global, para ser nossa parceira neste projeto”.

A maior discussão, de fato, será a forma com irão retratar a vida pessoal de Ayrton. Ainda de acordo com o comunicado, os locais internacionais importantes na vida do piloto, tal como a casa em que ele cresceu, em São Paulo, farão parte da ambientação da obra.

Contudo, suas polêmicas com outros pilotos como o francês Alain Prost e o inglês Nigel Mansell, além, é claro, das tramas românticas com personalidades como Xuxa e Adriane Galisteu, ainda não estão confirmadas e nem descartadas da minissérie.


(Reprodução / YouTube @netflixbrasil)


Ayrton Senna: glórias e a representação do herói

O ponto de partida será o começo da carreira automobilística do piloto, quando ele se muda para a Inglaterra para competir na F1600. Toda a trajetória de superação, desencontros, alegrias e tristezas. Os bastidores mostrarão o homem por trás do mito até o trágico acidente em Ímola, na Itália, durante o Grande Prêmio de San Marino.

A cada corrida, milhões de brasileiros ficavam em frente aos televisores para torcer. Em muitas das vezes, o piloto conseguia igualar em popularidade com as tardes de futebol. Dessa forma, não estava ali apenas um homem e uma corrida, mas também uma representação. No olhar de cada brasileiro, ele era a personificação de si próprio no dia a dia. Das lutas e dificuldades; de se arriscar em meio à violência e insegurança em busca de algo melhor para os seus, assim como Senna pisava fundo em cada curva mesmo com os adversários e obstáculos.

É inegável o legado de Ayrton Senna para os brasileiros. Suas conquistas, derrotas, dificuldades ensinam o que é ser um vencedor. Não apenas pelas vitórias e o “tema da vitória” tocada em cada “lá vem Ayrton!”, na voz de Galvão Bueno, pois Ayrton também perdia, se decepcionava, se revoltava etc. O que lhe torna de fato, um herói, é a sua insistência e a falta do medo. A inconformidade fez com que sua história ultrapasse barreiras de tempo, espaço e classes, quebrando várias divisões. Talvez, por isso, Ayrton Senna seja um ídolo para milhões de brasileiros que não eram nem nascidos até 94, como o autor deste texto.

Por: Sidney Araujo

(Foto destaque: Ayrton Senna na Netflix: herói, conquistas e “kriptonitas”. ERIC FEFERBERG / AFP)



Compartilhe
Comente

Dum Leão

dumleao

Acesse e confira produtos incríveis…
Participe desse experiência.
3Cs – Confira! Compre! Compartilhe!