Rui Costa nega ter projeto individual e fala em “movimento” contra Bolsonaro em 2022

Rui Costa nega ter projeto individual e fala em “movimento” contra Bolsonaro em 2022

Citado como possível presidenciável em 2022, o governador Rui Costa (PT) disse nesta quarta-feira, 26, que participará de um “movimento” para tentar derrotar o governo Bolsonaro.

O petista negou, porém, que tenha como “projeto individual” disputar a Presidência da República, ao comentar entrevista recente ao jornal O Globo.

“Acho que você muda uma nação quando a maioria do povo decide mudar aquela nação, com um projeto programático. Sou um militante político e estarei participando desse movimento, seja como pai de família, seja como militante. O Brasil não pode continuar do jeito que está. Mas isso se faz coletivamente, e não individualmente”, afirmou Rui, durante o programa Papo Correria.

O chefe do Executivo baiano ainda voltou a criticar o governo Bolsonaro. “É muito triste conversar com alguém de outro país e ouvir o depoimento de que a imagem do Brasil está no subsolo. Infelizmente, ninguém leva a sério o governo brasileiro. É motivo de piada no exterior. Isso tem um impacto direto no emprego, na renda, no investimento no país”, disse.

Sem citar nominalmente o presidente Jair Bolsonaro, o governador afirmou que “família nunca foi sinônimo de espalhar fake news, pregar violência, porte de arma ou matança”.

Pandemia – Ao falar sobre os números da Covid-19 no estado, Rui informou que mais de 20% dos estudantes que realizaram testes de coronavírus em Itabuna e Ilhéus tiveram resultado positivo. Foram 24% dos estudantes diagnosticados com o coronavírus em Ilhéus e 22% em Itabuna, segundo o chefe do Executivo baiano.

O Estado também realizou testes em estudantes da rede estadual em mais quatro municípios: Itajuípe, Uruçuca, Ipiaú e Jequié.

A partir da segunda-feira, 31, serão testados 11 mil alunos e professores de 12 escolas do Subúrbio de Salvador, pelo método PC-R, que detecta se a pessoa está infectada. Os testes serão aplicados nos colégios Raimundo da Mata, Ailton Pinto, Teresa Helena Mata Pires, CPM do Lobato, Aristides de Souza, Bertoldo Cirilo, Estadual de Plataforma, Clésrison Andrade, Josias de Melo, Luis Rogério, Sara Violeta e Dalva Matos.

A testagem será feita das 8h às 12h e das 14h às 16h. Pela programação, cada unidade de ensino terá um dia para a testagem e cada gestão escolar convocará a sua comunidade, para evitar aglomerações.

Durante o programa Papo Correria, o governador voltou a dizer que ainda não há previsão para o retorno das aulas. “Estamos acompanhando os gráficos das taxas da contaminação, que estão em declínio. Ainda não conseguimos ver um declínio do número de óbitos, porque houve subnotificação ou não notificação de alguns municípios, e esses números estão chegando agora”, declarou, ao explicar a alta na quantidade de óbitos registrados por dia. Segundo o governador, há muitas mortes de junho e julho sendo noticiadas nos últimos dias.

Sobre o protocolo em construção para a volta das atividades escolares, o chefe do Executivo estadual adiantou que o sábado será um dia regular de aula e haverá divisão das turmas, com metade dos estudantes com aulas às segundas, quartas e sextas, e a outra metade às terças, quintas e sábados.

Além disso, serão adotadas carteiras vazias entre os alunos para aumentar o distanciamento e as janelas serão abertas, sem uso do ar-condicionado nas unidades em que houver o equipamento.

Para evitar aglomerações ligadas à campanha eleitoral, Rui anunciou a intenção de alinhar procedimentos com a Justiça Eleitoral e o prefeito de Salvador, ACM Neto. “Quem regula é a Justiça Eleitoral, mas precisamos conversar em função da pandemia”, disse.




Compartilhe
Comente

Dum Leão

dumleao

Acesse e confira produtos incríveis…
Participe desse experiência.
3Cs – Confira! Compre! Compartilhe!