Donald Trump vai visitar Kenosha, cidade onde Jacob Blake foi baleado durante ação policial | Mundo

Donald Trump vai visitar Kenosha, cidade onde Jacob Blake foi baleado durante ação policial | Mundo

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, vai visitar Kenosha, informaram veículos de imprensa americanos citando a Casa Branca neste sábado (29). A visita deve ocorrer nesta terça-feira, 1º de setembro.

A cidade no estado de Wisconsin — um dos mais decisivos para as eleições americanas — foi o cenário da ação policial que baleou Jacob Blake, um homem negro, sete vezes pelas costas e iniciou uma nova onda de protestos contra o racismo no país.

Trump havia mais cedo manifestado vontade em visitar a cidade. Embora não tenha abordado diretamente o caso Blake, o presidente e candidato tem criticado a violência gerada pelas manifestações. Em discurso de oficialização da candidatura presidencial, o republicano criticou “vândalos e baderneiros” e defendeu a valorização de policiais.

Presidente Trump aceita, formalmente, indicação para concorrer à reeleição nos EUA

Presidente Trump aceita, formalmente, indicação para concorrer à reeleição nos EUA

A visita também será vista como estratégia de campanha de Trump. Isso porque o estado de Wisconsin atribui 10 delegados no colégio eleitoral e costumava votar em candidatos do Partido Democrata — tanto o governador estadual quanto o prefeito de Kenosha são democratas, inclusive.

Porém, nas eleições de 2016, Trump venceu em Wisconsin com uma pequena margem sobre Hillary, vitória considerada essencial para o republicano ocupar a Casa Branca.

Manifestantes protestam contra brutalidade policial em Kenosha, Wisconsin, neste sábado (29) — Foto: Morry Gash/AP Photo

Kenosha viveu neste sábado outra jornada de protestos contra a violência policial e o racismo nas instituições americanas. Centenas de pessoas participaram da marcha, que, durante a tarde, não teve ocorrências mais graves.

Autoridades americanas, tanto republicanas quanto democratas, estão preocupadas com a escalada da tensão nos protestos. A morte de manifestantes após um adolescente de 17 anos disparar contra um grupo que participava desses atos aumentou a preocupação.

Homem negro baleado nas costas por policiais nos EUA — Foto: Jornal Nacional

Jacob Blake se recupera em um hospital de Wisconsin dos tiros. Ele chegou a ser algemado no leito hospitalar, mas os policiais o liberaram depois que a Justiça do estado retirou a ordem de prisão contra ele.

Na sexta-feira, a Associação Policial de Kenosha publicou nota em que alega que Blake chegou a dar um mata-leão em um dos policiais. A família dele nega as acusações, e argumenta que testemunhas não viram nenhuma ameaça do homem aos agentes de segurança.

Reveja o VÍDEO da ação abaixo

Homem negro é baleado várias vezes por policiais em Kenosha, nos EUA

Homem negro é baleado várias vezes por policiais em Kenosha, nos EUA


Compartilhe
Comente

Dum Leão

dumleao

Acesse e confira produtos incríveis…
Participe desse experiência.
3Cs – Confira! Compre! Compartilhe!