Belarus anuncia detenção de 32 combatentes russos | Mundo

Belarus anuncia detenção de 32 combatentes russos | Mundo

A Belarus anunciou nesta quarta-feira (29) a detenção de 32 “combatentes” do grupo militar privado Wagner da Rússia, considerado próximo ao Kremlin, que chegaram ao país para “desestabilizar” o período prévio às eleições presidenciais de 9 de agosto.

O principal canal de televisão do país e a agência oficial de notícias Belta anunciaram as detenções, ordenadas depois que as autoridades receberam informações sobre a “chegada ao território de 200 combatentes com o o objetivo de desestabilizar a situação durante a campanha eleitoral”.

“Durante a noite, as forças de segurança bielorrussas detiveram 32 combatentes do grupo militar privado Wagner. Outro homem foi detectado e detido no sul do país”, afirmou a Belta.

A emissora de TV exibiu imagens obtidas por câmeras de vigilância da chegada do grupo a um hotel próximo à capital, Minsk.

Presidente de Belarus sugere tratar o coronavírus com vodka e sauna

Presidente de Belarus sugere tratar o coronavírus com vodka e sauna

Eles carregavam maços de notas de dólar, passaportes russos e manuais de uso militar.

O grupo chamou a atenção no hotel por seu comportamento diferente dos turistas russos clássicos.

Eles vestiam uniformes de estilo militar, “não bebiam álcool, nem frequentavam locais de lazer e diversão”. Além disso, cada um deles carregava três grandes malas pretas.


Compartilhe
Comente

Dum Leão

dumleao

Acesse e confira produtos incríveis…
Participe desse experiência.
3Cs – Confira! Compre! Compartilhe!