Donos de bares e restaurantes pedem autorização para ocupar calçadas

Donos de bares e restaurantes pedem autorização para ocupar calçadas

Visando a colocação de mesas e cadeiras em calçadas, o que está previsto para acontecer, de acordo com regras previstas, na segunda fase da retomada do comércio em Salvador, os donos de bares e restaurantes já começaram a pedir autorização à Prefeitura para utilizar o espaço público de forma mais ordenada. O protocolo para a retomada foi elaborado em conjunto entre município e governo do Estado.

De acordo com informações da Secretaria de Comunicação, a permissão é concedida pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano (Sedur), garantindo o espaço aos empreendedores para que mantenham o distanciamento de um metro e meio entre as pessoas com a utilização de área aberta.

“Eu acho que o mais importante hoje é a gente fazer essa retomada de forma segura e contínua, porque não adianta retomar de maneira apressada e ter que fechar depois. Então, eu aguardo ansioso, mas reconheço que esse trabalho e esse cuidado da Prefeitura em reabrir tem sido muito importante”, afirmou Lucius Gaudenzi, dono do Lucius Restaurante, localizado na Barra. Ele foi o primeiro a fazer a solicitação junto à Sedur.

O empreendedor já considera o restaurante um ambiente de baixo risco por conta das regras de segurança alimentar seguidas pelos profissionais. Ele disse que está se adequando aos novos protocolos para estar 100% pronto quando a cidade ingressar na próxima fase de reabertura das atividades, o que deve acontecer em agosto.

“A principal mudança, além do distanciamento entre as mesas e do controle da quantidade de pessoas, será em relação ao contato entre garçom e cliente. Vamos ter um aumento dos dispensers de álcool em gel e de sabão para os clientes, vamos colocar tapetes sanitizantes na porta, os garçons vão usar máscaras e o cardápio e a conta serão digitais, no celular. O cardápio será acessado por meio de QR Code”, contou.

“A nossa casa tem 30 anos ali na Avenida Oceânica, estamos em todos os guias do mundo inteiro. A arquiteta vai fazer um desenho da área que iremos utilizar. Ela será fechada com caqueiros, vai ficar bem legal”, disse Fábio Lacerda, proprietário do Caranguejo do Farol, também na Barra.

“Eu acho que o espaço da Barra com essa adaptação vai dar um visual muito bom para o bairro. Na Europa você vê aqueles bares com mesas nas ruas. Era o que faltava em Salvador, vai dar um charme e uma vida à orla. Eu acho que veio para ficar”, acrescentou Lacerda.

Para realizar a solicitação para utilização ordenada do espaço público, os donos de bares e restaurantes devem acessar o site oficial e preencher um formulário com informações como o número do alvará, o CNPJ, Cadastro Geral de Atividades (CGA), razão social, nome fantasia e endereço de funcionamento.




Compartilhe
Comente

Dum Leão

dumleao

Acesse e confira produtos incríveis…
Participe desse experiência.
3Cs – Confira! Compre! Compartilhe!