Yasmin Brunet fala sobre a cultura do cancelamento

Yasmin Brunet fala sobre a cultura do cancelamento

A modelo Yasmin Brunet deu sua opinião sobre a cultura do cancelamento

Na sexta-feira (24), a modelo Yasmin Brunet colocou uma caixinha de perguntas em seus stories no Instagram, e chamou os fãs para uma conversa. E a modelo foi questionada sobre sua opinião sobre a cultura do cancelamento.



Além disso, Yasmin também respondeu perguntas relacionados a bem-estar e filmes, além de dar um conselho para uma seguidora que tinha terminado.


“Acho patético, arrogante e egocêntrico achar que tem o direito de “cancelar” uma pessoa. Não faz sentido! É cruel e absurdo”, escreveu Yasmin para o seguidor, compartilhando a sua resposta no Instagram.

Bianca Andrade sobre “quebra” de contrato com a Rede Globo: “Não sou esse tipo de pessoa”


Yasmin Brunet fala sobre cultura do cancelamento

Resposta de Yasmin Brunet sobre a cultura do cancelamento. (Foto: Reprodução/Instagram)


Cultura do Cancelamento

Para quem não tem conhecimento, essa nova cultura começou na internet a alguns anos, em especial nas redes sociais. Quando uma empresa, pessoa pública tem uma conduta duvidosa, ou que não é aceita ou repudiada pela sociedade, ela passa a ser “cancelada” nas redes sociais. E isso acabada destruindo a reputação da pessoa/empresa.

A ideia inicial era dar voz a causas como justiça social, que seria também uma maneira de amplificar a voz de grupos oprimidos e forçar ações políticas de marcas ou figuras públicas. Mas nos dias de hoje o movimento ganhou uma parte de zoação da internet, que seria “cancelar” alguém por algo que não soou legal.

Segundo Ross Douthat, colunista do The New York Times: “Você pode ser cancelado por algo que você disse em meio a uma multidão de completos estranhos se um deles tiver feito um vídeo, ou por uma piada que soou mal nas mídias sociais ou por algo que você disse ou fez há muito tempo atrás e sobre o qual há algum registro na internet. E você não precisa ser proeminente, famoso ou político para ser publicamente envergonhado e permanentemente marcado: tudo o que você precisa fazer é ter um dia particularmente ruim e as consequências podem durar enquanto o Google existir“.

Por: Vivian Riguetti

(Foto destaque: Yasmin Brunet. Reprodução/Instagram)



Compartilhe
Comente

Dum Leão

dumleao

Acesse e confira produtos incríveis…
Participe desse experiência.
3Cs – Confira! Compre! Compartilhe!