Tóquio tem recorde de novos casos de Covid-19 um dia depois de declarar ‘alerta vermelho’ para a doença | Mundo

Tóquio tem recorde de novos casos de Covid-19 um dia depois de declarar ‘alerta vermelho’ para a doença | Mundo

A capital japonesa registrou nesta quinta-feira (16) um novo recorde diário de casos confirmados da Covid-19. Em apenas 24 horas, Tóquio contabilizou 286 novos caos, apenas um dia depois do governo local ter declarado alerta máximo para a doença.

Este foi o segundo pico de contágios registrado no país, o primeiro foi em abril, quando o Japão ainda vivia sob estado de emergência. Naquele momento, a disseminação da doença entre os idosos – em casas de repouso – causavam grande preocupação de um colapso no sistema hospitalar.

A nova onda tem características diferentes: Agora sãos os jovens o grupo mais atingido, entre 70% e 75% deles receberam diagnósticos de casos leves ou assintomáticos. A doença aumentou entre pacientes de 20 a 30 anos de idade por causa da reabertura de bares e casas noturnas em Tóquio.

Pessoas caminham pelo distrito de Shinjuku em Tóquio, no Japão, em foto de 24 de junho — Foto: Issei Kato/Reuters/Arquivo

Hotéis da cidade estão recebendo pacientes para desafogar os hospitais e governo recomendou que o comércio tenha ainda mais cuidado com a limpeza e higiene mas, por ora, descartou retomar medidas de isolamento social.


Nos últimos dias, Tóquio mais que dobrou a quantidade de exames e vem realizando por volta de quatro mil testes por dia.

Na quarta-feira (15), Toquio elevou o alerta de coronavírus para o nível vermelho, o mais alto, diante de altas recordes em novos casos diários, e a governadora da região, Yuriko Koike, descreveu a situação na capital japonesa como “bastante grave”.

O ressurgimento do vírus em Tóquio pode aumentar a pressão crescente por medidas de apoio à terceira maior economia do mundo, que analistas disseram estar prestes a encolher no ritmo mais rápido em décadas no ano fiscal atual por causa da pandemia.

“Estamos em uma situação na qual deveríamos emitir alertas aos cidadãos e negócios” – governadora Yuriko Koike, em entrevista coletiva.

Ela pediu para que os residentes evitassem deslocamento não-essenciais. A governadora também prometeu acelerar os exames de detecção do vírus utilizando equipamentos de universidades: “Meu entendimento é que estamos em uma situação bastante grave agora.”

Temendo que uma segunda onda de infecções se dissemine a partir da capital, cidades menores, parlamentares de oposição e usuários de redes sociais pediram ao governo central que suspenda uma grande campanha de anúncios de viagens que pretende fomentar o turismo doméstico.

Líderes de algumas cidades rurais dizem que, por causa da campanha, as viagens a partir de regiões de alto risco, como Tóquio, podem causar transmissões comunitárias generalizadas.

A mídia local publicou reportagens sobre moradores de Tóquio aos quais se pediu que fiquem longe de pais e familiares que moram em cidades rurais que relataram menos casos de coronavírus.


Compartilhe
Comente

Dum Leão

dumleao

Acesse e confira produtos incríveis…
Participe desse experiência.
3Cs – Confira! Compre! Compartilhe!