STF concede prisão domiciliar a ex-ministro Geddel Vieira Lima

STF concede prisão domiciliar a ex-ministro Geddel Vieira Lima

O ex-ministro Geddel Vieira Lima teve autorizada a prisão domiciliar concedida pelo Supremo Tribunal Federal (STF), em decisão liminar. De acordo com a defesa, o motivo do pedido foi o estado de saúde de Geddel.

O ministro Edson Fachin, do STF, tinha determinado 48 horas para a justiça baiana se posicionar sobre o estado de saúde do político, que foi diagnosticado com a Covid-19 (novo coronavírus) em um exame, mas a contraprova apontou resultado negativo para a doença.

>>Fachin dá 48 horas para justiça baiana enviar informações sobre estado de saúde de Geddel

Na decisão, Fachin disse que ficou demonstrado agravamento do estado geral de saúde, com risco real de morte reconhecido. Fachin também alegou que a prisão domiciliar tem como objetivo preservar a integridade física e psíquica de Geddel. Fachin solicitou que o comunicado ao Juízo da 2ª Vara de Execução Penal da Comarca de Salvador seja dado com urgência e pediu que a Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização da Bahia (Seap) disponibilize, de imediato, o equipamento de monitoração eletrônica.




Compartilhe
Comente

Dum Leão

dumleao

Acesse e confira produtos incríveis…
Participe desse experiência.
3Cs – Confira! Compre! Compartilhe!