a falsa ideia de liberdade de expressão

a falsa ideia de liberdade de expressão

A autora de Harry Potter – série mundialmente famosa composta por sete livros – vem se envolvendo em diversas polêmicas protagonizadas pelo Twitter. Ultimamente, por meio de seus comentários controversos na rede, J.K Rowling abriu um debate sobre a questão da transfobia, no qual impactou, sobretudo, grandes fãs da franquia criada pela britânica.

JK Rowling
J.K. Rowling é acusada de cometer transfobia. | Foto: Reprodução.

E o que é essa tal transfobia?

Transfobia nada mais é que uma série de atitudes e sentimentos discriminatórios e preconceituosos contra pessoas transgênero. Ela marginaliza ainda mais uma população que se encontra vulnerável socialmente, pois representa uma alta taxa de depressão e suicídios.

Sendo o Brasil o país que mais mata transsexuais no mundo (liderando o ranking mundial, segundo a Transgender Europe), é de extrema importância trazer esse preconceito como pauta de discussão, ainda mais quando uma pessoa pública, conhecida por diversas faixas etárias, se aproxima de ideias que alimentam o tal.


O início de um pesadelo/ deu tudo mais do que errado

No dia 19 de dezembro de 2019, J.K. publicou um tweet que deu o que falar. Uma organização sem fins lucrativos, O Centro de Desenvolvimento Global – que advoga contra desigualdades e pobreza – não renovou o contrato com uma pesquisadora que fazia parte da equipe, já que ela havia feito diversas publicações discriminatórias em seu Twitter envolvendo, sobretudo, pessoas trans; insistia chamá-los pelos pronomes e vocativos que as deixavam desconfortáveis e até mesmo argumentos como: “homens não podem virar mulheres”.

Maya Forstater abriu um processo contra a organização afirmando  que aquilo se tratava de censura e violação a sua liberdade de expressão, porém, o juiz do caso discordou do ponto de vista, determinando que sua visão era totalmente antidemocrática e extremista.

A autora de Harry Potter defendeu publicamente a pesquisadora em sua conta oficial do Twitter, se utilizando da hashtag: #IStandWithMaya. No tweet, J.K. implica que a liberdade de transsexuais está diretamente ligada à forma como se vestem e com quem elas mantêm relações, defende uma pessoa que desrespeita esses indivíduos por conta de suas crenças individuais sobre gênero e sexo e, por último e não menos importante, de certa forma incentiva uma “cultura” que impede ativamente essas pessoas de viverem suas vidas de forma pacífica e segura.

Tweet de Rowling que iniciou tudo:

Por diversas outras vezes, J.K Rowling veio a público defender que a identidade de gênero – se a pessoa se reconhece como homem, mulher ou não-binário –  é definida apenas pelo seu sexo biológico, desse modo, não reconhecendo a existência de trans em sociedade – pois tais indivíduos não se identificam com seus respectivos sexos biológicos.

Reações na Internet

Com isso, vários fãs da autora e da série Harry Potter se posicionaram a favor e contra tais posicionamentos, sendo a maioria contrária às falas de Rowling.

Decepcionados com o posicionamento da autora – que vinha recentemente debatendo questões de diversidade dentro do criado Universo Bruxo, quando abertamente afirmou à imprensa que um dos personagens principais da série era gay – muitos fãs responderam “Jo” em suas redes sociais, indo em defesa à comunidade trans e se mostrando confusos com suas declarações. 

Fãs se manifestam no Twitter:

Emma Watson, que interpretou a personagem Hermione, se pronunciou também:

O on-line se torna offline

Além das manifestações via internet, as discordâncias com as polêmicas falas de J.K. Rowling vieram ao “mundo real”. A autora tem um monumento em seu nome em Edimburgo, capital da Escócia, que consta suas mãos impressas em dourado.

Neste domingo (12), o monumento amanheceu depredado com tinta vermelha e, ao seu lado, fora colocada a bandeira do orgulho trans. Segundo uma fonte local entrevistada pelo Pink News – jornal inglês on-line voltado para o público LBTQIA+ – a tinta simbolizava o sangue dos indivíduos transsexuais, metaforizando que Rowling tivesse “sangue em suas mãos”.

______________________________
Por Julia Neves Silva – Fala! Cásper



Compartilhe
Comente

Dum Leão

dumleao

Acesse e confira produtos incríveis…
Participe desse experiência.
3Cs – Confira! Compre! Compartilhe!