Em live, secretário de Cultura diz ser favorável ao adiamento do Carnaval

Em live, secretário de Cultura diz ser favorável ao adiamento do Carnaval

O secretário de Cultura e Turismo de Salvador, Pablo Barrozo, participou na tarde desta segunda-feira, 13, do A Tarde Conecta, conjunto de lives no Instagram do Grupo A Tarde, e se mostrou favorável ao adiamento do Carnaval de 2020. Isso se, em novembro, mês definido entre a pasta e o prefeito ACM Neto para tomar uma decisão sobre a festa, o ambiente não seja favorável e uma vacina ainda não tenha sido produzida e distribuída à população.

Para Barrozo, é importante que o Carnaval aconteça para a economia da cidade e para renda e emprego, tanto formal como informal, das pessoas. Mas ressalta que ele só ocorrerá com “segurança” já que a prioridade é “a vida das pessoas.

O secretário de Cultura e Turismo falou também na live sobre a campanha lançado nesta semana pela Secult, chamada “Uma Saudade de Salvador”. Realizada em um ambiente multimídia, a campanha que está no site e nas redes sociais da secretaria busca relembrar, através de imagens, músicas, e filtros nas redes sociais, o sentimento afetivo e de pertencimento que o baiano e o turista têm com a cidade.

“Essa campanha traz as boas lembrança que sabemos que teremos. Quem gosta de banho de mar, de dar sua corrida na orla, comer um acarajé no meio da rua, andar pela cidade; Coisas mais gostosas e simples. A saudade está machucando muito as pessoas… E essa iniciativa é para mostrar o tanto que nossa cidade tem valor para nós e reascender a esperança de dias melhores, de estar logo, logo andando pelas ruas e curtindo a cidade mais linda do mundo”, ressalta.

Pablo Barrozo listou uma série de iniciativa que estão sendo adotadas em meio à pandemia da Covid-19 para preparar a cidade para o momento de retomada. Entre as iniciativas, Pablo destacou as reconstruções das orlas das praias de Ipitanga, Stella Maris e Praia do Flamengo; a requalificação da Avenida Sete (que será entregue neste mês); a construção da Casa da História; do Arquivo Público de Salvador e da Casa da Música. Essa última, segundo Pablo, vai se tornar um dos grandes atrativos turístico da cidade pela qualidade e interatividade que terá, resgatando nossa “raiz musical e a diversidade cultural de nossa cidade”.

“Temos a Iniciativa do centro de recuperação do turismo, que funcionará no Hub Salvador. Lá teremos postos da Sedur, Sefaz e da prefeitura de Salvador para facilitar a vida do cidadão que trabalha com cultura e turismo. Teremos postos do Sebrae e do Senac. O Sebrae é um importante parceiro e ajudará as empresas que não estão inserida no mundo digital a fazerem suas lojas virtuais”, ressaltou o secretário de Cultura e Turismo.

Além do apoio para formalização de negócio físicos e a construção de lojas online, o espaço terá também espaço para uso comum e bancos de fomento que darão suporte para “quem trabalha com turismo”.

“Os bancos, como Banco do Brasil, Santander, Banco do Nordeste, Caixa Econômica, darão apoio para àqueles que trabalham com turismo, para que possa facilitar o seu acesso ao crédito neste momento de dificuldade”, diz Barrozo.

 




Compartilhe
Comente

Dum Leão

dumleao

Acesse e confira produtos incríveis…
Participe desse experiência.
3Cs – Confira! Compre! Compartilhe!