Prefeito de Candeias será afastado por 90 dias por compra superfaturada de respiradores

Prefeito de Candeias será afastado por 90 dias por compra superfaturada de respiradores

Por 9 votos a 8, os vereadores de Candeias, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), decidiram nesta quinta-feira, 9, pelo afastamento do prefeito Dr. Pitágoras (PP), por 90 dias. A Câmara acatou denúncia por suspeita de superfaturamento na compra de respiradores. 

Conforme a denúncia, cada um dos oito equipamentos adquiridos pela gestão municipal teria custado R$ 175 mil, enquanto a prefeitura de Salvador comprou respiradores semelhantes por R$ 32 mil, a unidade. 

Votaram a favor do afastamento do prefeito os vereadores Arnaldo Araújo, Edmilson Amaral (Mica), Fernando Calmon, Rosana de Bobó, Nal da San Martins, Irmão Gerson, Jorge da JM e Valdir Cruz, além da presidente da Casa, Lucimeire. 

Foram contrários os vereadores Gil Soares, Alcione, Diego Maia, Rita Loira, Val Enfermeiro, Ivan do Prateado, Pastor Adailton Sales e Silvio Correia. Conforme apurou A TARDE, a posse da vice-prefeita Márcia Gomes como chefe do Executivo local dependia apenas de publicação no Diário Oficial do Município.

Uma Comissão Processante, formada pelos vereadores Fernando Calmon, Irmão Gerson e Rita Loira, apresentará ao final dos 90 dias um relatório, que será votado em plenário. 

Pré-candidata a prefeita, Tonha Magalhães (DEM) acredita que o afastamento do prefeito certamente terá consequências eleitorais. “Repercute negativamente para o prefeito, principalmente pelo motivo que foi o afastamento”, disse a ex-prefeita do município.  ⠀

Em janeiro, Pitágoras confirmou que tentaria a reeleição. A reportagem tentou entrar em contato com Pitágoras, mas as ligações não foram atendidas.




Compartilhe
Comente

Dum Leão

dumleao

Acesse e confira produtos incríveis…
Participe desse experiência.
3Cs – Confira! Compre! Compartilhe!