‘Vivemos tempos difíceis e temos que nos superar’, diz Pablo Barroso

‘Vivemos tempos difíceis e temos que nos superar’, diz Pablo Barroso

Secretário destaca que o 2 de Julho é a maior festa cívica da Bahia | Foto: Raul Aguilar | Ag. A TARDE - Foto: Raul Aguilar | Ag. A TARDE
Secretário destaca que o 2 de Julho é a maior festa cívica da Bahia | Foto: Raul Aguilar | Ag. A TARDE
Raul Aguilar | Ag. A TARDE

O secretário de Cultura e Turismo de Salvador, Pablo Barroso, afirma que a festa de Dois de Julho sem a presença popular gera um estranhamento, mas pontua o vigor da Comemoração da Emancipação da Bahia e do Brasil.

“Não é das melhores. Vivemos tempos difícil, somos baianos, fortes e nesse momento temos que nos superar. Quem estava acostumado com o aperto até sente falta. Essa é a maior festa cívica de nossa cidade, de nossa cultura. Se a do Bonfim é a festa de religiosidade que atrai mais baianos, essa aqui é a festa cívica que mostra alma de nossa cidade, nosso estado, nossa cidade. Hoje, com muita nostalgia mais com muita esperança pois estamos do meio para o fim deste momento tão difícil”, ressaltou Barroso.




Compartilhe
Comente

Dum Leão

dumleao

Acesse e confira produtos incríveis…
Participe desse experiência.
3Cs – Confira! Compre! Compartilhe!