MP-RJ aponta que Adriano da Nóbrega transferiu R$ 400 mil para conta de Queiroz

MP-RJ aponta que Adriano da Nóbrega transferiu R$ 400 mil para conta de Queiroz

O Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) aponta que o ex-chefe da milícia no Rio, Adriano Nóbrega, que foi morto em fevereiro na Bahia, transferiu mais de R$ 400 mil para contas do ex-assessor de Flávio Bolsonaro, Fabrício Queiroz. 

Queiroz foi preso nesta quinta-feira, 18, em uma operação que investiga um esquema de “rachadinha”, quando há repasse de parte do salário do servidor para o político. De acordo com a investigação, a movimentação ocorria quando Flávio Bolsonaro era deputado estadual do Rio de Janeiro.

Segundo informações do UOL, as movimentações bancárias estão nos documentos judiciais que motivaram a prisão preventiva de Queiroz.

As contas dos depósitos correspondem a de restaurantes que pertenciam a Adriano e familiares. Em novembro do ano passado, Queiroz teria ligado para mãe do miliciano e pediu para que ela ficasse escondida no interior de Minas Gerais, após o Supremo Tribunal Federal (STF) investigar sobre o esquema no gabinete de Flávio Bolsonaro.




Compartilhe
Comente

Dum Leão

dumleao

Acesse e confira produtos incríveis…
Participe desse experiência.
3Cs – Confira! Compre! Compartilhe!