Prefeitura determina que bancos e lotéricas tenham monitores de filas

Prefeitura determina que bancos e lotéricas tenham monitores de filas

A Prefeitura de Salvador determinou que agências bancárias, com exceção da Caixa Econômica Federal, e casas lotéricas da capital baiana deverão disponibilizar monitores para organizar as filas de atendimento no interior e parte externa das unidades, para assegurar a distância mínima de 1,5 m entre os clientes. Publicado na edição extra do Diário Oficial do Município (DOM) de segunda-feira, 15, o decreto municipal 32.498 começa a valer a partir desta sexta-feira, 19.

De acordo com informações da Secretaria de Comunicação (Secom), caso não cumpram a norma, os estabelecimentos serão caracterizados por infração à legislação municipal e poderá sofrer penalidades e sanções previstas na lei, correndo o risco de ter a licença de funcionamento cassada.

A fiscalização começa logo cedo, com as equipes da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur). No caso da Caixa Econômica Federal, o monitoramento é feito pela Guarda Civil Municipal (GCM), já que o banco é responsável pelo pagamento dos auxílios sociais relacionados à pandemia, inclusive o Salvador por Todos.




Compartilhe
Comente

Dum Leão

dumleao

Acesse e confira produtos incríveis…
Participe desse experiência.
3Cs – Confira! Compre! Compartilhe!