Com o esvaziamento das praias, tartaruga desova no Porto da Barra

Com o esvaziamento das praias, tartaruga desova no Porto da Barra

O esvaziamento das praias por causa do isolamento social permitiu que alguns animais aproveitassem o espaço. Na noite de terça-feira, 16, uma tartaruga marinha de grande porte depositou seus ovos na praia da Barra, em Salvador.

De acordo com informações da Secretaria de Comunicação (Secom), a desova na Barra é atípica por conta do intenso movimento em dias normais. Comumente, as tartarugas acabam deixando seus ovos em ecossistemas tidos como mais desertos, a exemplo das praias de Itapuã, Stella Maris e Praia do Flamengo.

Segundo o engenheiro agrônomo e comandante do GEPA, Robson Pires, as praias estão livres também de outras ameaças para as tartarugas, como resíduos plásticos e até mesmo as luzes noturnas, que acabam confundindo filhotes no retorno ao mar.

“Aqui em nosso litoral desovam três tipos. A cabeçuda, a tartaruga de pente e a oliva ou tartaruga verde”, explicou. Conforme o especialista, a espécie que desovou na Barra deve ser de um animal adulto, com mais de 30 anos e, possivelmente, enterrou uma quantidade de ovos que pode variar de 120 a 180.

Segundo a Secom, equipes do GEPA e Projeto Tamar decidiram visitar o local na tarde desta quarta-feira, 17, para tentar localizar os ovos, que deverão ser encaminhados para o projeto Tamar e colocados em local apropriado e seguro.




Compartilhe
Comente

Dum Leão

dumleao

Acesse e confira produtos incríveis…
Participe desse experiência.
3Cs – Confira! Compre! Compartilhe!