“Cortejo virtual” do Dois de Julho tem programação divulgada

“Cortejo virtual” do Dois de Julho tem programação divulgada

Este ano, por conta dos limites gerados pela pandemia da Covid-19, a Academia de Ciências da Bahia (ACB) vai comemorar o 2 de julho, que marca as celebrações pelas lutas de Independência do Brasil na Bahia, de forma virtual. Substituindo o tradicional cortejo que percorre o Centro Histórico de Salvador, encontro ao vivo na rede reunirá instituições como Universidade Federal da Bahia e outras universidades e entidades federais e estaduais.

Além de nomes de destaque, como o presidente da Academia Brasileira de Ciências, Luiz Davidovich, o presidente da Andifes (Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior) e reitor da UFBA, João Carlos Salles, e a secretária de Ciência, Tecnologia e Inovação da Bahia, Adélia Pinheiro também estão inseridos na programação.

“O 2 de Julho é uma data de grande importância para a Bahia e o Brasil. Simboliza a verdadeira Independência do país. Nesse sentido, a ACB resolveu, mais uma vez, liderar uma manifestação neste dia. O nosso objetivo é despertar e reforçar na população o “valor da ciência”, bem como revelar o perigo que a atual situação de penúria orçamentaria representa para o seu futuro”, observa Jailson Andrade, presidente da Academia de Ciências da Bahia.

A comemoração virtual do 2 de Julho será marcada por um ampla programação de atividades, a partir das 9 horas, quando acontece a mesa de abertura, com pronunciamentos do presidente da ACB, Jailson Andrade, e convidados. Na parte da tarde, das 14 às 17 horas, estão concentradas as mesas de discussões, que abordarão temas como o próprio significado histórico, político e social da data, além de questões relacionadas com a pesquisa e o desenvolvimento científico na Bahia.

O sistema de transmissão online da programação é o mesmo que foi adotado recentemente pelo Congresso Virtual da UFBA, que teve uma grande audiência em todas as suas sessões. Importante observar que a Academia de Ciências da Bahia mantém o seu pioneirismo em articular as diversas áreas de atuação da ciência com um objetivo comum. “Somos a única academia do Brasil que possui representação das diferentes manifestações das ciências, pois na Academia estão reunidos pesquisadores das Ciências da Vida, Humanas, da Cultura e das Artes, presentes de forma expressiva neste ato”, lembra Jailson Andrade.

Programação

A programação do “Dois de Julho em Defesa da Ciência” terá início às 9hs, com a mesa de abertura coordenada pelo presidente da Academia de Ciências da Bahia, Jailson Andrade, com participação do presidente da SBPC, Ildeu de Castro Moreira; do presidente da Academia Brasileira de Ciências, Luiz Davidovich; do presidente da ANDIFES (Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior) e reitor da UFBA, João Carlos Salles; do presidente da Associação Brasileira dos Reitores das Universidades Estaduais e Municipais (ABRUEM), Antônio Guedes Rangel Junior; e do presidente do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (CONIF), Jadir José Pela.

Às 10 horas, a programação prossegue com uma Sessão em homenagem aos 120 anos da FIOCRUZ, que terá a participação da diretora da entidade na Bahia, Marilda de Souza Gonçalves; do presidente da Academia de Ciências da Bahia, Jailson Andrade; do presidente da Academia Bahiana de Medicina, Antônio Carlos Vieira Lopes; da secretária de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado da Bahia, Adelia Pinheiro, da presidente da Fundação Oswaldo Cruz, Nisia Trindade Lima.

Na parte da tarde, entre 14 e 17 horas, serão realizadas mesas de debates paralelas sobre temas como “Água e Desenvolvimento Sustentável”, “A Bahia e seu Papel na Década dos Oceanos”, “As Ciências Básicas”, “Os Desafios da Economia em Tempos de Covid-19 ”, “Redução das Desigualdades”, “Cultura e Arte”, além da conferência “Dois de Julho: o portal da Independência”.

Na sessão de encerramento, as 16h30, participarão o presidente da Academia de Ciências da Bahia, Jailson Andrade; a secretária da Secti, Adélia Pinheiro; o secretário estadual de Educação da Bahia, Jeronimo Rodrigues; e o diretor geral da Fapesb, Márcio Costa.




Compartilhe
Comente

Dum Leão

dumleao

Acesse e confira produtos incríveis…
Participe desse experiência.
3Cs – Confira! Compre! Compartilhe!